Translate

terça-feira, 30 de maio de 2017

Capítulo cinquenta e um

No dia seguinte...

- Ei, Fiel! Vamos brincar de bola?
- Oba! Vamos!
- Eu arremesso para você e depois você me entrega para eu lançar novamente.
- Combinado!
- Prepara, Fiel! Um, dois, três e segura esta! Agora me devolva.
- De jeito nenhum. Ela é minha e eu não largo.
- Fiel, me devolva a bola.
- Não devolvo não. É MINHA. SÓ MINHA!
- O que houve, maninho?
- O Fiel não me devolve a bola para eu arremessar e ele pegar.
- Poxa, vida. Vou tentar resolver. Fiel, devolve a bolinha. Nós vamos te entregar depois. Vamos jogar para você pegar. Vou até te fazer um carinho.
- Olha que legal ele soltou a bola. Agora podemos brincar.
- Vamos brincar de peruzinho? O Fiel é o peru.
- Lekinha, eu não sei o que é brincar de peruzinho mas eu aceito.
- O Fiel ficou feliz. Vem brincar Fiel. Tenta pegar a bola.
- Está comigo!
- Não! Agora está comigo!
- Ah assim não vale, meninos. Quando é que vou pegar a bola?
- Tadinho do Fiel. Acho que ele cansou. Vamos entregar a bola para ele?
- Vamos sim. Toma Fiel a bola.
- Obrigada! Já não aguentava mais correr atrás desta bola. Agora ela é só minha novamente.
- Olha a felicidade dele.
- É verdade. Fiel e sua bolinha.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Capítulo cinquenta

- Oi, mãe! Já chegamos!
- Foram rápido. O que o veterinário disse?
- Disse que pode ser falta de cálcio. Aplicou injeção e receitou vitaminas.
- É Laine! A injeção foi no bumbum e está doendo até agora.
- O que foi, Fiel? Quer contar algo? Está doendo?
- Eu já disse que sim... Vocês não entendem. Ah, deixa para lá! Vou deitar no meu tapetinho e descansar.
- Parece que o Fiel ficou triste...
- Não. A injeção deve ter doído muito. Vamos deixá-lo quietinho.
- Tudo bem. Vamos!